Arquivo da tag: nazismo

A condenação de Lula e a crise moral brasileira

Podemos perceber que o Brasil vive uma crise moral seríssima quando vemos pessoas defendendo que o maior corrupto da história da humanidade não sofra as consequências de seus crimes. Querem transformar o juiz Moro em bandido e o bandido Lula em vítima dos adversários. 

Mas isso não é o pior. O mais deplorável de tudo é a aceitação da defesa de um criminoso perigosíssimo como Lula como mera posição política, não como apologia ao crime. 

Achar que a defesa da impunidade de Lula é algo tolerável é de uma absurdidade tão monstruosa quanto sair em defesa do direito de skinheads serem racistas ou de traficantes venderem drogas e assassinarem policiais sem qualquer pena.

Enquanto tratarmos a condenação de um facínora como Lula e suas calúnias contra os agentes da lei como algo diferente da apologia ao nazismo ou terrorismo, não haverá progresso nesse País.

Anúncios

13 semelhanças da esquerda brasileira com o nazismo

lula = hitler esquerda nazista

Neste site há um consenso sobre a existência de duas versões da história: a oficial, falsa e manipulada para atender aos interesses dos políticos, da mídia e de todo o estamento burocrático, os quais lucram com a ignorância da população. E a versão secreta, verdadeira, a qual revela a verdade escondida pelos políticos e jornalistas e analisa os fatos e ideologias de forma racional e imparcial.

A versão oficial fala à exaustão que o nazismo é de direita, baseado na frase do propagandista nacional-socialista Joseph Goebbels, o grande inspirador de João Santana: “uma mentira dita mil vezes se torna verdade”. Lênin também utilizou tal estratégia. Porém, uma análise minuciosa e estruturada derruba a falácia de que nazismo e fascismo são de direita e o comunismo, de esquerda.

Leia também: Sempre que alguém chamar Bolsonaro de fascista ou nazista, responda com esses argumentos

Veja porquê o nazismo e o fascismo são de esquerda, assim como o comunismo, petismo e psolismo:

1 – O próprio nome do partido: a sigla política de Adolf Hitler se chamava Partido Nacional – SOCIALISTA dos Trabalhadores Alemães. Uma tradição que persiste até hoje entre os partidos de esquerda consiste em agregar as palavras “social”, “socialista”, “trabalhadores” e “trabalhista” em seus nomes. Se denominar socialista significa ser anticapitalista, anti-empresário e antiliberal, algo que Hitler e Mussolini eram, assim como o PT, PCdoB, PSOL e a esquerda brasileira.

Se um dos pilares da direita consiste no liberalismo econômico e Hitler era contra isso, por se denominar SOCIALISTA como o PT, o nacional-socialismo não pode ser de direita.

Continuar lendo

13 contradições clássicas da doutrina esquerdista

che_guevara

Jean Wyllys, deputado do PSOL (partido de pirocas), fantasiado de Che Guevara. Quer contradição maior que um homossexual homenageando um guerrilheiro assassino de gays?

Mesmo as pessoas que não se interessam por política percebem claramente que seus princípios se mostram confusos e contraditórios, com milhares de inconsistências. Neste post, os abordarei de forma bem-humorada e descomplicada, de forma a ser entendido por qualquer pessoa.

Vamos fazer uma breve lista, a qual poderia se estender a milhares de itens facilmente:

1 – Esquerdistas são antiamericanos por natureza. Mas na iminência do impeachment, Dilma Rousseff e sua corja foram pedir ajuda aos ianques na ONU, difamando o povo brasileiro e fazendo afirmações mentirosas sobre seu processo de impedimento. Após a análise jurídica, não colou e ela ficou desmoralizada.

2 – Marxistas afirmam que a religião é o ópio do povo. Recentemente, a atriz Letícia Sabatella foi ao Vaticano pedir ajuda ao Papa Francisco para tentar salvar a pele de Dilma e sua boquinha na Lei Rouanet. Em resposta, o pontífice rezou um Pai Nosso, uma Ave Maria e fez um discurso desejando paz e harmonia no Brasil. Esquerdistas se dizes ateus, mas quando estão em apuros sempre recorrem a Deus.

Continuar lendo

A verdadeira extrema-direita: libertarianismo e anarcocapitalismo

Quando se fala na extrema-direita, esqueça tudo o que seu professor de história te ensinou na escola, por apenas um motivo: É MENTIRA. Tudo o que você aprendeu na escola sobre a direita está errado.  Agora você vai conhecer a verdade.

Conforme explicado em artigos anteriores, fascismo e nazismo são de esquerda, ao lado do comunismo. Mussolini dizia “tudo para o estado, nada contra o estado, nada fora do estado”. Confira o discurso de 1922 do Duce neste link. O exato oposto da verdadeira extrema-direita: o libertarianismo, anarcocapitalismo e anarquismo (desconsidere o anarcosocialismo).

Da mesma forma que seu extremo oposto, o comunismo, o libertarianismo e/ou anarcocapitalismo é bastante teórico e utópico e impossível de implementar plenamente na prática. De qualquer forma, tem muitos pontos interessantes de ser estudados.

Assista esse vídeo do canal do YouTube Ideias Radicais e aprenda um pouco sobre a verdadeira extrema-direita:

E POR FAVOR, NUNCA MAIS FALE QUE NAZISMO E FASCISMO SÃO EXTREMA-DIREITA!

SEU PROFESSOR DE HISTÓRIA MENTIU PARA VOCÊ, JUNTO COM A GLOBO E A IMPRENSA. EXTREMA-DIREITA É A AUSÊNCIA TOTAL DE ESTADO E A LIBERDADE ABSOLUTA DO INDIVÍDUO. O EXATO OPOSTO DAS DITADURAS TOTALITÁRIAS DEFENDIDOS PELA ESQUERDA.

Porque o fascismo é de esquerda

Nossos queridos amigos esquerdistas adoram chamar liberais e conservadores de fascistas. Bom, eles adoram chamar qualquer um que seja contra o PT, PSOL, PCdoB ou qualquer partido de esquerda de fascistas.

Eles adotam um conjunto de ideias como um dogma inquestionável e chamam aquilo que concordam de “democrático” e o que discordam de “fascista”, mesmo a verdade sendo exatamente o contrário. Exaltam Cuba ao mesmo tempo que demonizam os Estados Unidos. Invertem os valores de forma grotesca, e qualquer estudo superficial prova a inconsistência ao mostrar que o fascismo converge em quase tudo com o regime de Fidel Castro e contraria o Tio Sam.

Claro que o assunto merece estudos mais aprofundados, mas o vídeo abaixo mostra de forma sucinta que o fascismo é de esquerda:

Mussolini explica porque o fascismo é de esquerda

lula_mussolini

Para quem estudou história do jeito certo, uma das maiores obviedades reside no fato de o fascismo e o nazismo serem de esquerda, como o comunismo. Suas pequenas diferenças e enormes similaridades são evidentes, inclusive o jargão utilizado pelos socialistas até a atualidade.

Nesse discurso de Mussolini, de 1940, no qual ele declara guerra à Grã-Bretanha e França, as palavras “a proletária e fascista Itália”, “plutocracias reacionárias do direita reacionária”.

O lema do fascismo era: “Tudo no Estado, nada contra o Estado, nada fora o Estado.”

Algo comum com o nazismo e comunismo e recorrente entre a esquerda até hoje. Os vídeos abaixo demonstram a perpetuação dos discursos de esquerda de Mussolini, ditador fascista e Luciana Genro, política gaúcha defensora do comunismo e bolivarianismo. Preste atenção nas semelhanças dos jargões.

Assista Mussolini:

Para comparar, assista Luciana Genro falando em seminário do Conlutas, reduto de esquerda marxista:

Sempre que alguém chamar Bolsonaro de fascista ou nazista, responda com esses argumentos

carta

Há cem anos, Stalin e Hitler já ensinava a seus seguidores duas táticas de fazer as massas aceitarem mentiras como verdades: 1 – Uma mentira dita mil vezes passa a ser aceita como verdade. 2 – Acuse seus inimigos de fazer o que você faz, e os xingue daquilo que você é. Ambas são a base de toda a militância petista, psolista e de toda a esquerda brasileira até os dias de hoje.

Vivem de denegrir a imagem de seus opositores, e Jair Bolsonaro é seu alvo número 1, por representar a maior ameaça a seu projeto totalitário bolivariano, materializado no Foro de São Paulo. O argumento mais comum é acusá-lo de ser nazista e fazer comparações com Adolf Hitler e Benito Mussolini, as quais são facilmente refutadas após uma análise minuciosa.

Ao comparar as mesmas características com Lula, Dilma, Luciana Genro e até mesmo FHC e Aécio Neves, fica claro como nazismo e fascismo são de esquerda, irmãos gêmeos do comunismo. E como é esdrúxulo acusar de fascista ou nazista um liberal (na economia) e conservador (nos costumes sociais, que respeita a liberdade de escolha individual). A comparação cai por terra ao menor estudo lógico.

Bolsonaro lidera pesquisa de intenção de votos para a presidência em 2018, segundo o Instituto Datafolha (pesquisa em janeiro de 2017). CONFIRA.

O objetivo deste post é destrinchar as acusações da esquerda e mostrar a legítima ideologia de direita de Bolsonaro, empenhado em implantar um fascismo ao molde americano e canadense. Vamos começar pela carta:

Continuar lendo