Arquivo da tag: avanços da humanidade

Republicação: Natal e Ano Novo magrinho, magrinho – Por que vejo isso com bons olhos

A ingratidão é muito perigosa. Eu mesmo me pego algumas vezes reclamando das coisas, mas, paro por um instante e digo a mim mesmo, calma, poderia ser pior. Penso nas coisas importantes e impalpáveis que possuo, no que eu conquistei até o momento, e em silêncio, peço desculpas e agradeço. Mas confesso que manter a […]

via Natal e Ano Novo magrinho, magrinho —

Neste post de Leandro Tissiano, do blog Pro seu dia ficar melhor, o sentimento dominante no Brasil e no mundo mostra que passamos por um momento de profundas mudanças, migrando de um sistema falido que não funciona mais para um que ainda nos é desconhecido.

Diversos posts deste blog refletem o sentimento predominante no Brasil e no mundo. A cada 30 ou 40 anos, o país passa por um momento de indignação, reflexão e busca por mudanças. O último foi em meados dos anos 80, com o fim do comunismo e redemocratização do Brasil.

Estamos passando por outro período de disrupção, pedindo pela atualização do sistema político e econômico. Novas ideias estão surgindo, especialmente as de cunho liberal, pedindo por um Estado menor, mais eficiente e menos assistencialista. A questão reside no fato do extremo apego do brasileiro ao auxílio estatal e à dificuldade de quebrar alguns tabus, como o combate ao empreendedor, a dependência de saúde, educação e previdência estatais (comandados por políticos) e a redução do poder da classe política. O brasileiro precisa pegar de volta o controle do seu destino e tirá-lo das mãos dos políticos.

Apesar de tudo, tenho uma visão positiva de toda essa indignação e revolta, pois o sistema político atual está em lenta e paulatina derrocada, para se desintegrar em cerca de 10 anos. Por outro lado, o povo ainda não está preparado para o novo modelo e precisa estudar e se aprimorar muito para que a mudança ocorra plenamente. O esforço individual e a divulgação de novas ideias podem acelerar o processo, mas a derrota do establishment atual é inevitável.

O futuro está em nossas mãos. Não nas dos políticos.

Anúncios

A próxima revolução econômica da humanidade – Parte 2

escola_futuro

Na introdução sobre a próxima revolução econômica da humanidade (veja aqui), descreveu-se de forma sucinta o histórico dos principais avanços da humanidade, necessários para o surgimento do vindouro.

A revolução da informação se mostra condição necessária para seu acontecimento, assim como a automação industrial. E a próxima revolução econômica da humanidade é:

Continuar lendo

Uma visão distinta sobre o envelhecimento: a quarta idade

Nos anos 40 e 50 do século passado, o termo terceira idade passou a ser utilizado para descrever pessoas com mais de 55 anos.

Essa abordagem teve origem em dois avanços ocorridos após a segunda guerra mundial: o avanço da medicina no combate a doenças infecciosas e o desenvolvimento dos sistemas previdenciárias estatais. A partir deles, a expectativa de vida foi aumentada de 45 anos para cerca de 70 em poucas décadas, podendo desfrutar de um momento de descanso no fim da vida.
Após a infância e adolescência, a fase adulta, houve um crescente número de pessoas que chegaram ao período de repousar e aproveitar os frutos de uma vida de trabalho. A essa última fase, deu-se o nome de terceira idade.

Como de praxe na marcha irrefreável do progresso da humanidade, estamos vivendo o início de um novo aumento da expectativa de vida, graças ao maior conhecimento sobre cuidados com a saúde, prática de exercícios físicos, redução de trabalhos insalubres e perigosos, redução de mortes violentas e melhoria nas condições de infraestrutura básica.

Continuar lendo