Dica para encontrar um(a) namorado(a) de valor dizendo apenas duas palavras

casal de direita

Comigo funcionou maravilhosamente bem!

Este é um post de humor com um fundo de verdade.

Para conquistar um namorado ou namorada de valor, basta pronunciar duas palavras para conseguir:

BOLSONARO PRESIDENTE!

Se a pessoa desistir de você por causa dessa sentença curta, fique tranquilo. Você está se livrando de uma grande encrenca. Não é possível ter uma relação saudável com pessoas vitimistas, coitadistas, invejosas, que não trabalham, não estudam, relativizam a moral e acreditam que a solução para os problemas da sociedade reside em um governo que confisca dinheiro de alguns para distribuir para outros.

Leia também:  Por que direitistas são melhores cônjuges e Agradecimentos ao DCM e aos esquerdistas que acessaram esta página.

Pessoas que não compartilham dos valores de direita têm o costume de culpar os outros pelos seus fracassos. Costumam afirmar que não progridem porque o governo não lhes dá educação, não são promovidos no trabalho porque a empresa não lhes dá oportunidades e seus chefes não cuidam do seu desenvolvimento, têm problemas psicológicos porque seus pais não cuidaram deles como deveriam na infância, porque sofreram bullying na escola, não têm sucesso no amor por causa de um ex que os traiu e/ou humilhou, e por aí vai. Resumindo: eles nunca são culpados por nada. Tudo de ruim que acontece com eles – assim como acontece com qualquer pessoa – foi algo que outros fizeram.

Fuja dessas pessoas! Em um relacionamento como esse, você sempre será culpado(a) por tudo! Veja neste link porque direitistas são os melhores cônjuges.

Claro que existem direitistas com esse tipo de comportamento, os quais também devem ser riscados da lista. Porém, há uma grande diferença. Enquanto o vitimismo é bem visto e estimulado pela esquerda, os destros o repudiam e combatem aqueles com tal comportamento. Direitista coitadista não é direitista legítimo.

Mulheres e homens de direita sabem que é sua obrigação tomar a iniciativa para seu desenvolvimento pessoal e ações, e que são os únicos responsáveis pelo seu sucesso ou fracasso, a despeito das condições externas. Ao assumir um compromisso com outra pessoa, compreendem o nobre dever de dividir a vida com o(a) parceiro(a), sem relativizações morais ou concessões. Para o direitista, relacionamento é tudo ou nada. Ou se dedica 100%, ou termina. Não existe “mais ou menos”.

Um legítimo cônjuge de direita se dedica de corpo e alma ao relacionamento e assume seus deveres de marido, esposa, pai, mãe, profissional, estudante e todas as necessárias. Valoriza a família acima dos prazeres e bens materiais e preza por passar os bons valores aos filhos. Entendem que não há sucesso sem esforço, a necessidade de cuidar bem das finanças da família, de proporcionar um ambiente doméstico saudável para o bom desenvolvimento familiar. A maioria esmagadora acredita em Deus e tem muita fé, frequentando igrejas e estimulando os filhos a também irem, caso queiram.

Existem pessoas de esquerda que seguem esses princípios? Claro que sim. Mas são a exceção, posto que as doutrinas vermelhas buscam combater e subverter tais valores, ao passo que a direita os promove e valoriza. Minha experiência diz que a maioria dos esquerdistas que seguem os princípios cristãos o deixa de ser após os trinta anos e vêm para o lado direito da força. Mas há os que seguem vermelhos, o que não lhes tira o mérito da conduta correta, apesar do discurso inconsistente.

Conclusão. Claro que não se pode generalizar, mas a regra geral é que pessoas de direita tendem a valorizar o casamento e os valores consagrados pela humanidade, enquanto a esquerda os combate e deseja os destruir.

A figura de Jair Bolsonaro sintetiza os princípios da direita, buscados por quem deseja um relacionamento saudável e feliz. As duas listas abaixo resumem os valores de quem o adora e o odeia:

Quem odeia Bolsonaro: pessoas que defendem a promiscuidade sexual, independente de orientação sexual e de gênero, defensores das drogas, defensores de bandidos, defensores da degradação moral, beneficiários de programas sociais, mamadores de verbas públicas como Lei Rouanet e BNDES, jornalistas que recebem dinheiro do governo para defender os que estão no poder, pessoas que detestam o trabalho e o estudo, comunistas, ateus, adoradores do Estado grande, de ditaduras totalitárias, de políticos e de consumidores de riqueza.

Quem adora Bolsonaro: pessoas que valorizam os relacionamentos saudáveis, incluindo homossexuais e transgêneros, pessoas contrárias as drogas, defensores da valorização do ser humano e do cidadão trabalhador e estudioso, defensores da família e da liberdade religiosa, do livre mercado, do corte de impostos, da redução do tamanho do Estado e do número de políticos e do incentivo ao empreendedorismo, criação de empregos e produtores de riqueza, conhecimento e inovação.

Agora você sabe. Quando conhecer alguém interessante, declare apoio a Bolsonaro e veja como a pessoa reage. Os grupos acima detalham as ideias que estão por trás. Quando disse esses dois substantivos – um próprio seguido de um comum – espantei algumas pretendentes, o que considero muito positivo por me poupar de muitos aborrecimentos. No final, encontrei minha esposa, com mentalidade semelhante à minha e com a qual compartilho minha vida e meus sonhos. O processo foi logo e exigiu muita paciência, mas a foto do título mostra que valeu muito a pena! Desejo um cônjuge de direita a todos. Até aos esquerdistas.

Anúncios

Uma ideia sobre “Dica para encontrar um(a) namorado(a) de valor dizendo apenas duas palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s