Foro de São Paulo: o plano maligno que a esquerda esconde do Brasil

md-foro-sao-paulo-paises-membros

No post anterior, relatei que os 5% de brasileiros mais abastados possuem riquezas, diplomas e prestígio social, mas são semianalfabetos políticos. Leia a matéria aqui. Mesmo com a conta bancária recheada e a parede forrada de diplomas de especialização, mestrado e doutorado, ignoram os findamentos mais elementares de política e julgam saber muito, mas perdem de lavada dos mais humildes no aprendizado sobre o funcionamento da máquina estatal.

Têm enorme dificuldade de engolir o orgulho de admitir o quanto ignoram a teoria política se limitam a repetir chavões e mentiras propagadas pela publicidade governista, professores doutrinados pelo MEC, pela Rede Globo e pela mídia prostituída pela verba de propaganda da “Pátria Educadora” e produzida por jornalistas esquerdistas. A elite brasileira tem uma enorme dificuldade em reconhecer o quanto são manipulados por supostos “intelectuais” e aceitam suas mentiras como dogmas absolutos, impassíveis de questionamento. Um deles é o tema desse post:

O FORO DE SÃO PAULO

Dessas pessoas “superqualificadas”, do alto de seus diplomas de doutores e cargos de presidente, vice-presidente, juízes e proprietários, não conheci uma que soubesse o que é o Foro de São Paulo. Os poucos que conhecem, e reconhecem seu enorme potencial destrutivo, são estudiosos de ciências políticas com viés liberal e/ou conservador (como eu), e gritam aos quatro ventos o perigo desse esquema criminoso. Por que não são ouvidos? A explicação segue abaixo.

Os demais são estudiosos de ciências sociais e políticas de esquerda, os quais atuam diretamente para que o plano criminoso tenha sucesso e se esforçam em camuflá-lo, pela desinformação da população. Quando questionados sobre as intenções de seus chefes, afirmam que se trata de “teoria da conspiração” ou “intriga da oposição”, negando sua existência. Muitos realmente acreditam que não é verdade, pois os líderes do movimento escondem informações de seus militantes e mentem para estes, que propagam a mentira para a sociedade como verdade, pois também foram ludibriados pelos comunistas.


O QUE É O FORO DE SÃO PAULO

O Foro de São Paulo é uma reunião de todos os partidos de esquerda da América Latina. Foi criado em 1990, após a queda da União Soviética, com o objetivo de dar continuidade à luta pela implantação do socialismo nos países nos quais houve a luta armada contra a democracia e o capitalismo, encabeçada por Ernesto Che Guevara.

Os partidos brasileiros que participam do Foro de São Paulo de Forma declarada são: PT, PCdoB, PSOL, Rede Sustentabilidade, PSB, PSTU, PCO, PCB e PDT, e os demais de viés marxista, leninista, stalinista ou trotskista.

Outros partidos negam sua participação, mas atuam nas sombras para a concretização do plano, como PSDB, PV, PMDB, PP e PR. Apesar de não ter o apoio de todo seu quadro como nos partidos acima, muitos políticos trabalham nas sombras para a concretização do plano.

Os políticos brasileiros envolvidos e sua fundação e manutenção são Lula, José Dirceu, José Genoíno, Aloízio Mercadante, Rui Falcão, Tarso Genro, José Serra, Aloísio Nunes, Eduardo e Marta Suplicy, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Gabeira, Luiza Erundina, Miguel Arraes, dentre outros.

Intelectuais de esquerda como Mangabeira Unger, Perseu Abramo, Renato Janine Ribeiro, Chico de Oliveira, Gilberto Freyre, Celso Furtado e, claro, Paulo Freire, trabalharam ativamente para o avanço do esquema.

Entre os políticos de outros países latino-americanos (foto em destaque), se destacam Hugo Chávez e Nicolás Maduro, responsáveis pela completa ruína da Venezuela, Néstor e Cristina Kirchner, os quais deram calotes em credores e colocaram mais da metade dos argentinos abaixo da linha e pobreza, José Mujica, um velhinho bonachão que mantém o Uruguai como um dos países mais atrasados tecnologicamente e fechados ao comércio internacional com sua filosofia antidesenvolvimento, e Evo Morales, um grande produtor de cocaína que vive no luxo enquanto mantém seu povo na miséria, proibindo qualquer iniciativa de empreendedorismo fora do estado e calando seus opositores.

Tudo com o aval de seu exemplo supremo, os irmãos Fidel e Raúl Castro, os quais mantém o comunismo implantado pelo assassino Che Guevara há 59 anos e responsável por mais de 80.000 mortes de opositores.

O OBJETIVO SUPREMO DO FORO DE SÃO PAULO É TRANSFORMAR A AMÉRICA LATINA EM UMA ENORME CUBA

Vale lembrar que o Foro de São Paulo tem o apoio de políticos de esquerda norte-americanos, sendo Barack Obama o mais conhecido, e o faz de forma declarada. Outros democratas como Bill e Hillary Clinton, Al Gore, Bernie Sanders e Joe Biden negam sua participação, mas são presenças frequentes em reuniões do Foro e em eventos da esquerda latino-americana.


COMO ELE ATUA E INFLUENCIA SUA VIDA

Seu principal objetivo era o combate às ideologias liberais e conservadoras, ao capitalismo, a cristianismo e a propagação do marxismo. Abandonaram a luta armada e optaram pelo gramscismo, o qual consiste na propagação do socialismo pela via cultural. As principais estratégias são o aparelhamento das universidades, das instituições sociais e religiosas, controle da mídia e implantação da agenda ligada à Nova Ordem Mundial, o movimento socialista global.

A implantação da agenda de esquerda pela via cultural e aparelhamento do sistema de educação e da mídia se mostra em estágio avançado em todo o mundo. Nas universidades, a esmagadora maioria dos professores, cientistas, intelectuais e pesquisadores são de esquerda, e os liberais e conservadores foram banidos de lá. Poucas instituições pequenas e ricas preservam o pensamento de direita.

O mesmo acontece na imprensa, TV, cinema, literatura e artes. A maioria dos jornalistas, artistas, escritores e cineastas se empenham em implantar as ideias socialistas na mente da grande massa, sem que elas nem percebam que estão sendo doutrinadas. Apologia à promiscuidade sexual, defesa de aborto, uso de drogas, prostituição, desestruturação da família, degradação moral do ser humano e a intolerância a grupos inimigos dos socialistas são incutidos há décadas na cultura popular.

As novelas da Globo e filmes de todo o mundo têm propagado a agenda da esquerda mundial de forma claríssima. Basta comparar as peças atuais com as de trinta ou quarenta anos atrás, e a degeneração cultural fica evidente. Folhetins exibindo uso de drogas como algo normal, gravidez na adolescência, promiscuidade, exaltação do homossexualismo, perseguição a cristãos, conservadores, policiais e militares são evidências claras no marxismo cultural na mídia, propagado pelos integrantes do Foro de São Paulo.

O jornalismo também segue os desmandos do Foro de São Paulo, apresentando viés governista, com grande alarde para causas da esquerda como racismo, homofobia e machismo. A perseguição midiática de pessoas claramente contra o marxismo cultural, como Jair Bolsonaro, tem sido o padrão, pois oferecem grande ameaça à suas maiores fonte de lucros, a propaganda estatal e a Lei Rouanet, utilizada para financiar produções artísticas chapa branca.

A esquerda brasileira, mais notadamente PT e PSDB, cooptaram a mídia a serem servas fiéis de seus desmandos. Muitos artistas os apoiam cegamente, por um forte motivo: dinheiro. Blogueiros como Leonardo Sakamoto e Cynara Menezes (Socialista Morena), recebem mesadas de dezenas de milhares de reais mensais para promover a ideologia marxista criminosa de forma descarada e com toda a proteção estatal.

A luta de classes tem sido propagada pelos movimentos sociais, que visam espoliar os brasileiros que trabalham, criam, inventam e produzem em nome de uma suposta “justiça social”. CUT, UNE, MST, movimento negro, LGBT, feminista, abortista, droguista, dentre tantos, visam criar tabus como se fossem verdades absolutas e combater quem as questione. Deram a elas o nome de politicamente correto.

Os movimentos sociais atuam como uma polícia político-ideológica do Foro de São Paulo, com o claro objetivo de perseguir quem se opõe à sua agenda e proteger os participantes do esquema, muitas vezes em situações semelhantes. Assim como os soviéticos tinham a KGB e os nazistas a Gestapo, o Foro de São Paulo também tem sua patrulha para impor a ditadura do politicamente correto. Leia aqui como ela atua.


APÓS TANTAS EVIDÊNCIAS, VOCÊ AINDA ACHA QUE O FORO DE SÃO PAULO NÃO EXISTE?

Mesmo o cidadão mais ignorante da sociedade reconhece que houve uma transformação cultural drástica nos últimos 30 anos. O que poucos sabem é que ela começou a ser planejada e elaborada nos anos 40 e 50 na antiga União Soviética e difundida pelo mundo a partir da década de 60 via KGB e recrutamento de guerrilheiros terroristas mundo afora. Na América Latina, os mais conhecidos são Carlos Marighella, Carlos Lamarca, José Dirceu, José Serra, José Genoíno, FHC, Vladimir Herzog, Fidel Castro e, claro, Che Guevara.

Não se limitaram à luta armada e se infiltraram nas universidades, igrejas, jornais e redes de televisão. Sem que a grande massa percebesse, implantaram as ideias marxistas na cultura, jornalismo, mídia e na mentalidade do povo, especialmente quando afirmava que o Estado deve cuidar do cidadão do berço ao túmulo. Uma forma poderosa de dominação, pois o escravo não percebe que está preso e ainda defende seu algoz. Os beneficiários do Bolsa Família, Pronatec e Fies que elegeram Dilma Rousseff são a prova de que a tática foi eficiente, a despeito da economia arrasada.

Mas o que a elite instruída não sabe é que o braço do socialismo na América Latina chamado FORO DE SÃO PAULO é o responsável por todo o quadro político brasileiro, no qual a esquerda é hegemônica. Na estratégia das tesouras (saiba mais nesta matéria), mantém o establishment no poder por meio de uma falsa oposição.

Os principais partidos brasileiros, PT, PSDB, PSB e Rede pertencem ao esquema socialista latino-americano. Resumindo: em 2014, não importa se você votou em Aécio Neves, Dilma Rousseff, Eduardo Campos ou Marina Silva. VOCÊ VOTOU NO FORO DE SÃO PAULO. O mesmo ocorreu em 2010, 2006 e 2002. 1998 foi a última eleição em que candidatos outsiders tiveram chances reais de vencer.

Em 2018, haverá a possibilidade de vitória de um candidato de fora do estabilishment depois de 20 anos: Jair Bolsonaro, do PSC. Seus concorrentes são Aécio (PSDB, Marina (REDE), Ciro Gomes (PDT) e um petista, pois Lula estará preso. Todos participantes do esquema socialista. Resumindo: ou você vota em Bolsonaro, ou vota no Foro de São Paulo. Não há terceira via, apenas duas.

Aqui está em detalhes o que é o Foro de São Paulo, uma esquerda latino-americana muito maior que o PT e PSDB. Ainda acha que não existe? Entre no site deles:

http://forodesaopaulo.org/

Anúncios

6 ideias sobre “Foro de São Paulo: o plano maligno que a esquerda esconde do Brasil

  1. Livres

    Cara, muito bom o texto, só fazendo uma critica construtiva, seu apoio tao declarado ao bolsonaro, tira uma grande parcela de leitores do seu blog. Tenho certeza que teremos outras opções da direita concorrendo.

    Curtir

    Resposta
    1. Pedro H. L. Guerra Autor do post

      Temos Caiado e João Amoedo, do Partido Novo, mas Bolsonaro é a única opção viável da direita. E Levy Fidelix. Por mais que os dois primeiros sejam competentes, não angariaram o apoio popular que Bolsonaro conquistou por confrontar abertamente o PT e o Foro de São Paulo.

      É muito bom o crescimento da direita na política brasileira, e meu apoio a Bolsonaro se deve ao fato de ser o único com chances reais de ganhar. Mas gosto de Caiado, Fidelix e principalmente Amoedo.

      Curtir

      Resposta
  2. Pingback: Bolsonaro réu no STF: para a direita, nada a temer. Para a esquerda, um tiro no pé | Visão Distinta

  3. Pingback: Agradecimentos ao DCM e aos esquerdistas que acessaram esta página | Visão Distinta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s